Opções para quem vê o mundo além da Globo Cultura SMetal

Conteúdo

24-Nov-2016 15:48

10 coisas que você deve saber sobre a Escola Florestan Fernandes

A Escola Nacional Florestan Fernandes é uma escola criada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra ( MST) e é um espaço de aprendizado voltado para a formação política de militantes de movimentos sociais de todo o mundo.

Construção da ENFF

 

O nome da escola é uma homenagem ao sociólogo e político Florestan Fernandes, que escreveu mais de 50 obras, e foi deputado federal pelo PT em 1986 e em 1990.

Na última sexta-feira (4), a escola foi alvo de uma invasão criminosa por policiais civis, que pularam o portão e entraram atirando no local, gerando uma onda de repúdio e indignação de políticos, artistas e intelectuais.

Reunimos abaixo alguns fatos sobre a escola:

1. A escola foi construída entre 2000 e 2005  por mais de 1.000 militantes do MST, que fabricaram até os tijolos utilizados nas edificações.

2. Os recursos para a construção foram levantados com a venda do livro e disco Terra, com fotos de Sebastião Salgado, texto de José Saramago e músicas de Chico Buarque.

3. A escola é voltada para a formação política de militantes de movimentos sociais do Brasil e de todo o Mundo. São mais de 19 países e 63 organizações participantes.

4. O ensino é visto de uma perspectiva que engloba não só o estudo formal mas também o trabalho, as relações humanas, a cultura e a arte.

5. Hoje, a escola se financia com doações individuais e de movimentos, além de financiamento de projetos internacionais e nacionais.

6. Já passaram mais de 24 mil alunos pela escola, e 500 professores voluntários.

Auditório Patativa do Assaré na ENFF

 

7. Filosofia Política, Teoria do Conhecimento, Sociologia Rural, Economia Política da Agricultura, História Social do Brasil, Conjuntura Internacional, Administração e Gestão Social, Educação do Campo, Estudos Latino-americanos são alguns dos cursos ministrados. Também oferece cursos superiores e de especialização, em convênio com mais de 35 universidades e instituições como a Unesco (Organização das Nações Unidades para Educação, a Ciência e a Cultura).

8. A escola possui uma biblioteca com mais de 40 mil livros doados, três salas de aula, um auditório e dois anfiteatros. Foram construídos também quatro blocos de alojamento, refeitórios, lavanderia, estação de tratamento de esgotos e casas destinadas aos assessores e às famílias de trabalhadores que residem na escola.

9. As tarefas para manutenção do espaço são dividas entre todos os alunos, que cuidam da limpeza, das hortas, da criação de animais. 42 militantes trabalhadores que residem no local cuidam da estrutura da escola, desde tarefas administrativas, pedagógicas até infraestrutura sanitária e elétrica, por exemplo. Os alimentos consumidos pelos estudantes são produzidos nas hortas da própria escola.

10. A escola possui mais de 50% de participação feminina. Além disso, a“Ciranda Infantil Saci Pererê” é um espaço com ações educativas para as crianças que liberam pais e mães para as aulas.

Da Redação da Agência PT de Notícias